METODOLOGIA BIM EM PROJETOS SUSTENTÁVEIS

APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA NA GESTÃO DO REÚSO DE ÁGUA

  • Daniel Nogueira Saud Universidade Federal Fluminense (UFF)
  • Cristiano Saad Travassos do Carmo Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)
  • Amannda Cândido de Senna Universidade Federal Fluminense (UFF)
Palavras-chave: BIM 6D, Agua cinza, Viabilidade

Resumo

A implementação do Building Information Modelling (BIM) no Brasil vem ocorrendo de maneira demasiadamente lenta, por outro lado a questão sustentável já é tema que vem sendo discutido há anos na construção civil. A crise vivida no país ao longo da última década fez surgir a necessidade da elaboração de projetos cada vez mais baratos e eficientes. Com isso, este trabalho tem como proposta criar uma alternativa para unir a plataforma BIM à sustentabilidade, por meio da extração de informações de um modelo 3D que possam servir de parâmetros para realizar estudo de viabilidade econômico-financeira de um sistema de reúso de águas cinza em empreendimentos residenciais. Assim, foi possível concluir que o processo de extração de dados do modelo é algo relativamente simples, demonstrando que a adoção da metodologia poderia ser implementada no mercado sem grandes dificuldades, permitindo a aceleração do processo de disseminação do BIM 6D no país.

Biografia do Autor

Daniel Nogueira Saud, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Engenheiro Civil pela Universidade Federal Fluminense.

Cristiano Saad Travassos do Carmo, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)

Mestre em Engenharia Civil pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) , Engenheiro Civil pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e Especialista em Master BIM Manager pela Zigurat Global Institute of Technology, Espanha.

Referências

NIBS), N. I. OF B. S. Building industry. n. September, p. 6–9, 2014.
ABAKUMOV, R. G.; NAUMOV, A. E. Building Information Model: advantages, tools and adoption efficiency. IOP Conference Series: Materials Science and Engineering, v. 327, n. 2, p. 022001, mar. 2018.
BAZZARELLA, B. B. Caracterização e aproveitamento de água cinza para uso não potável em edificações. p. 165, 2005.
EASTMAN, C. et al. BIM Handbook: A Guide to Building Information Modeling for Owners, Managers, Designers, Engineers and Contractors, 2nd Edition. New Jersey: [s.n.].
FIORI, S.; FERNANDES, V. M. C.; PIZZO, H. Avaliação qualitativa e quantitativa do reúso de águas cinzas em edificações. Ambiente Construído, v. 6, n. 1, p. 19–30, 2005.
HAFNER, A. V. Conservação e reúso da água em edificações: Experiências nacionais e internacionais. p. 177, 2007.
HOLZER, D.; MALKIN, R. Real-time design collaboration in 3D | ArchitectureAU. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2018.
JEFFERSON, B. et al. Technologies for domestic wastewater recycling. Urban Water, v. 1, n. 4, p. 285–292, dez. 2000.
LINS, E. A. F. Curso legislação e normas para o licenciamento ambiental. Ministério do Meio Ambiente, p. 1–78, [s.d.].
MANCUSO, P. C. S.; SANTOS, H. F. DOS. Reúso de água. [s.l.] Manole, 2003.
MONTEIRO, R. C. DE M. Viabilidade técnica do emprego de sistemas tipo “wetlands” para tratamento de água cinza visando o reúso não potável. p. 84, 2009.
NOLDE, E. Greywater reuse systems for toilet flushing in multi-storey buildings ± over ten years experience in Berlin. Urban Water, v. 1, n. 1999, p. 275–284, 1999.
REMER, D.; NIETO, A. A compendium and comparison of 25 project evaluation techniques. Part 1: Net present value and rate of return methods. Production Economics, p. 79–96, 1995.
SNIS. SNIS Série Histórica. Disponível em: . Acesso em: 1 nov. 2018.
TELLES, D. D.; COSTA, R. H. P. G. Reúso da Água: Conceitos, Teorias e Praticas. 2. ed. São Paulo: Blucher, 2010.
TOMMASI, C.; ACHILLE, C. INTEROPERABILITY MATTER: LEVELS OF DATA SHARING, STARTING FROM A 3D INFORMATION MODELLING. ISPRS - International Archives of the Photogrammetry, Remote Sensing and Spatial Information Sciences, v. XLII-2/W3, n. 2W3, p. 623–630, 23 fev. 2017.
WEYGANT, R. S. BIM content development : standards, strategies, and best practices. p. 448, 2011.
YUNG, P.; WANG, X. A 6D CAD model for the automatic assessment of building sustainability. International Journal of Advanced Robotic Systems, v. 11, n. 1, p. 1–8, 2014.
Publicado
2019-06-03