ROTEIRO ECOLÓGICO COMO FERRAMENTA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA O PARQUE ESTADUAL COSTA DO SOL, REGIÃO DOS LAGOS (RJ)

  • Gustavo Navarro Leitão
  • João Batista Lopes Coelho Júnior Instituto Oswaldo Cruz – Fiocruz
Palavras-chave: Ecoturismo, Guia ecológico, Impactos ambientais, Sustentabilidade

Resumo

O objetivo deste estudo foi demonstrar a importância na criação do Roteiro Ecológico para o desenvolvimento do ecoturismo no Parque Estadual Costa do Sol e na Região dos Lagos, assim como contribuir para a compreensão da importância da educação ambiental no desenvolvimento do turismo, apontando o material educativo e contextualizado voltado para o ecoturismo e trilhas interpretativas. Mediante saídas fortuitas em campo, portando equipamentos fotográficos ideais para cada situação, se pôde averiguar e contextualizar o trabalho, bem como o roteiro. Contemplou-se a abrangência entre os municípios de Cabo Frio, Armação dos Búzios e Arraial do Cabo, entre os anos de 2016 a 2018, nas épocas de baixa e alta temporada. Resultou-se assim, em um guia contendo fotografias de 56 diferentes espécies silvestres locais. O folder também contou com uma parte introdutória sobre o contexto e a EA e dicas de boas atitudes a serem tomadas ao visitarem o parque. O material produzido pode ser transmitido por diversas mídias de comunicação, o que facilita o acesso e ajuda na propagação do conhecimento.

Biografia do Autor

Gustavo Navarro Leitão

Graduado em Ciências Biológicas e monitor sênior no Centro de Treinamento Selvagem em Foco.

João Batista Lopes Coelho Júnior, Instituto Oswaldo Cruz – Fiocruz

Doutorando em Ensino de Biociências e Saúde no Instituto Oswaldo Cruz – Fiocruz

Referências

AMORIM J.F.; PIACENTINI V. de Q. Novos registros de aves raras em Santa Catarina, Sul do Brasil, incluindo os primeiros registros documentados de algumas espécies para o Estado. Revista Brasileira de Ornitologia, 14 (2) 145-149, junho de 2006.
ARAÚJO, M.C.B. de; SILVA-CAVALCANTI, J.S. Dieta indigesta: milhares de animais marinhos estão consumindo plásticos. Revista Meio Ambiente e Sustentabilidade. Volume 10, número 5. Curitiba – PR. Jan/maio – 2016.
BACCHI, R. A Educação ambiental no ecoturismo: um estudo de caso no Parque Estadual da Serra do Mar, Núcleo Santa Virgínia, São Paulo-SP/Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Centro de Energia Nuclear na Agricultura. Piracicaba, 2013.
BARBOSA, K.C. Universidade Federal Fluminense. Turismo em Armação dos Búzios (RJ, Brasil): Percepções locais sobre os problemas da cidade e diretrizes prioritárias de apoio à gestão ambiental. Centro de Estudos Gerais Instituto de Geociências Mestrado em Ciência Ambiental. Niterói, 2003.
BIRDLIFE INTERNATIONAL. Formicivora littoralis. The IUCN Red List of Threatened Species 2013: e.T22724412A50433232. Disponível em: . Acesso em: 23 de abril de 2018.
CARVALHO, I.C. de M. Educação Ambiental Crítica: Nomes E Endereçamentos Da Educação. Identidades da educação ambiental brasileira / Ministério do Meio Ambiente; Diretoria de Educação Ambiental; Philippe Pomier Layrargues (coord.). Brasília, 2004.
______. Educação ambiental: a formação do sujeito ecológico. Docência em formação, saberes pedagógicos. Cortez Editora, 6ª ed., janeiro de 2012.
COE, H.H.G.; CARVALHO, C.N. de; SOUZA, L.O.F. de; SOARES, A. Peculiaridades ecológicas da região de Cabo Frio, RJ, ISSN 1980- 4490: IV, nº. 2, julho/dezembro-Ano 2007.
CORRÊA, W.B.; FONTENELLE, T.H. O Parque Estadual Costa Do Sol: Contextualização E Críticas Ao Processo De Instituição. Eixo Temático: Geoecologia Das Paisagens, Bacias Hidrográficas, Planejamento Ambiental E Territorial Revista Geonorte, Edição Especial, V.3, N.4, p. 1150-1160, 2012.
COSTA, P.C. dos S.; CARVALHO, A.P.M. de; BARBOSA, L. de A.; SILVEIRA, L.S. da; Ingestão De Lixo Plástico Por Peponocephala electra (Gray, 1846) Encalhada Viva No Litoral Do Espírito Santo – Brasil. Associação Brasileira de Oceanografia (AOCEANO). In: Congresso Brasileiro de Oceanografia – CBO´2012. Rio de Janeiro – RJ, novembro de 2012.
DIAS, Leonice Seolin; MARQUES, M.D.; DIAS, Lucas Seolin.; Educação, educação ambiental, percepção ambiental e educomunicação. Educação Ambiental: conceitos metodologias e práticas. Leonice Seolin Dias, Antonio Cezar Leal e Salvador Carpi Junior (Orgs.) – 187p. Tupã: ANAP, 2016.
EISENLOHR, P.V.; MEYER, L.; MIRANDA, P.L.S. de; REZENDE, V.L.; SARMENTO, C.D.; MOTA, T.J.R. de C.; GARCIA, L.C.; MELO, M.M. da R.F. de; Trilhas e seu papel ecológico: o que temos aprendido e quais as perspectivas para a restauração de ecossistemas? Hoehnea 40(3): 407-418, 1 tab., agosto, 2013.
FABIANO, C.C.L. Preservação da Pesca Artesanal e da Cultura Tradicional na Reserva Extrativista Marinha de Arraial do Cabo – RJ. Centro de Excelência em Turismo. Mestrado, Universidade de Brasília. Brasília, abril de 2011.
FURTADO, J.G.C. "Estudo de impactos ambientais causados por metais pesados em água do mar na baía de São Marcos: correlações e níveis background." João Pessoa: Departamento de Centro de Ciências Exatas de Natureza, Universidade Federal da Paraíba, 2007.
GONÇALVES, V. G.; GONÇALVES-JÚNIOR; ROCHA, D. L.; GONÇALVES, B. S. Análise de casos múltiplos no setor hoteleiro quanto a sustentabilidade e gestão ambiental. Revista de Trabalhos Acadêmicos Lusófona. 2(2), 169-181, 2019.
GORDILHO, H.J. DE S.; RAVAZZANO, F. Ecocídio e o tribunal penal internacional. Justiça do Direito, v. 31, n. 3, p. 688-704, set./dez. 2017.
GURAN, M. Documentação fotográfica e pesquisa científica: notas e reflexões. Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia, p. 116, 2012.
ICMBIO. Decreto s/nº de 03 de janeiro de 1997. Disponível em: . Acesso em: 12 de maio de 2018.
______. Protocolo CEMAVE, Projeto de Monitoramento da Avifauna em Unidades de Conservação Federais do Bioma Caatinga. Ministério do Meio Ambiente; Diretoria de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade; Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres, p.80, janeiro, 2014.
INEA, Instituto Estadual do Ambiente. Decreto Nº 42929. Governo do Estado do Rio de Janeiro. Abril de 2011. Disponível em: . Acesso em: 20 de abril de 2018.
______. Mapa do Parque Estadual Costa do Sol. Datum SIRGAS 2000 [21-?]. Disponível em: . Acesso em: 20 de abril de 2018.
JORDAN, CM. Albatross, 2017. Disponível em: . Acesso em: 14 de maio de 2018.
______. Camel Gastrolith, 2016. Disponível em: . Acesso em: 14 de maio de 2018.
LAYRARGUES, P.P. Ministério do Meio Ambiente, Identidades da Educação Ambiental Brasileira, Brasília, 2004. Disponível em: . Acesso em: 15 de abril de 2018.
MIRANDA, D.A.; CARVALHO-SOUZA, G.F. Ingestão De Lixo Marinho Pela Fauna Na Costa Da Bahia, Brasil: Descrição E Relato Histórico De Casos. In: XIV Congresso Latino-americano de Ciências do Mar – XIV COLACMAR Balneário Camboriú (SC / Brasil), outubro e novembro de 2011. Disponível em: . Acesso em: 27 de abril de 2018.
MUCELIN, C.A.; BELLINI, M. Lixo e impactos ambientais perceptíveis no ecossistema urbano. Sociedade & Natureza, Uberlândia, 20 (1): 111-124, jun. 2008.
PEREIRA, T.G.; OLIVEIRA FILHO, S.R. DE; CORRÊA, W.B.; FERNANDEZ, G.B. Diversidade Dunar entre Cabo Frio e o Cabo Búzios – RJ. Revista de Geografia. Recife: UFPE – DCG/NAPA, v. especial VIII SINAGEO, n. 3, set. 2010.
ROCHA, A.F. da. Cádmio, Chumbo, Mercúrio – A problemática destes metais pesados na Saúde Pública? Monografia em Ciências da Nutrição. Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação, Universidade do Porto, 2009.
ROMEIRO, C.E.; SOUZA, C.E. de; SANTOS, J.G. dos; Ecopolítica Internacional: Conferências E Instrumentos Da Política Ambiental. In: VII Congresso Brasileiro de Geógrafos. Anais do VII CBG – ISBN:978859853904-1. Associação dos Geógrafos Brasileiros, 2014. Disponível em:. Acesso em: 23 de abril de 2018.
SALEME, F. Interpretação ambiental, aspectos biológicos e educacionais do Parque Estadual da Costa do Sol e da Área de Proteção Ambiental do Pau-Brasil nos limites do município de Cabo Frio-RJ. Instituto de Pesquisas Jardim Botânico, Rio de Janeiro, 2017. No prelo. Disponível em: . Acesso em: 23 de abril de 2018.
SANTOS, R.L.F. dos; ALMEIDA, R. de C. de. Educação Ambiental E Trilhas Ecológicas: O Caminhar Para Um Futuro Consciente E Sustentável. Revista Científica do Unisalesiano – Lins – SP, ano 2, n.4, jul/dez de 2011.
SEBRAE. Painel regional: Região dos Lagos / Observatório Sebrae/RJ.IETS 16 p.: il; 30 cm, Rio de Janeiro, 2015.
SILVA, M.M. da; NETTO, T.A.; AZEVEDO, L.F. de; SCARTON, L.P.; HILLIG, C. Trilha Ecológica Como Prática De Educação Ambiental. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, REGET/UFSM, v (5), n°5, p. 705 - 719, 2012.
SILVA, V.R.F da; LIMA, E.H.S.M.; BECKER, J.H. Praias e Restingas. Projeto Tamar. Manual de ecossistemas: marinhos e costeiros para educadores/org. Gerling, C. et al. Editora Communicar, Santos, SP, 2016.
VIANA, FM de F; ROCHA, CHB. Impactos ambientais em UCs. Programa de Pós-graduação em Ecologia, Juiz de Fora, UFJF/MG, 2009. 25 p. Disponível em: http://www.ufjf.br/ecologia/files/2009/11/E.-Doc%C3%AAncia-Final_Fernanda.pdf. Acesso em: 22 de maio de 2018.
VIEIRA, E.A.; BERRÍOS, M.R. Lixo: fato ambiental da modernidade. Ambientes: Estudos de Geografia. Rio Claro, SP, 2003.
VINHA, V.G da; MAY, P.; CALDASSO, L.P. Sustentabilidade da Reserva Extrativista Marinha de Arraial do Cabo, RJ: técnicas de pesquisa e resultados, 1999. Disponível em: . Acesso em: 04 de março de 2018.
ZAPPI, D.; TAYLOR, N.P. 2013. Pilosocereus ulei. The IUCN Red List of Threatened Species2013: e.T152889A691262. Disponível em: . Acesso em: 23 de abril de 2018.
Publicado
2019-12-29